Care Label Project

 

QUEREMOS MUDAR OS HÁBITOS ATUAIS

Porquê? 90% da nossa roupa é deitada fora muito antes de estar inutilizada e continuamos a seguir instruções de cuidado com os tecidos obsoletas dos anos 50. É preciso mudar.

 

Apenas 7% colocaria uma peça de seda, lã, ou caxemira no secador

O CARE LABEL PROJECT

Enquanto criadores de eletrodomésticos, designers de moda e fabricantes de vestuário, o Care Label Project (Projeto Etiqueta de Cuidado) é o nosso contributo para inspirar, educar e atualizar a forma como as pessoas cuidam da sua roupa. Temos de deixar de etiquetar os tecidos com a recomendação “Só limpeza a seco”, deixar de lavar com temperaturas elevadas e deixar de ter medo de colocar lãs nas nossas máquinas. Na verdade, as etiquetas que deviam servir para nos orientar deixam-nos muitas vezes mais confusos.

NÃO LAVAR EM EXCESSO

Com o Care Label Project, estamos a mudar o paradigma. Para começar, estamos a lançar uma etiqueta de cuidado totalmente nova – “Não lavar em excesso” – em paralelo com uma coleção de roupa de designer com conselhos de cuidado testados em laboratório e um guia moderno sobre como cuidar de tecidos. Junte-se a nós nesta mudança do futuro da moda, uma etiqueta de cada vez.
Não lavar em excesso


QUESTIONAR AS ETIQUETAS DE CUIDADO

Estabelecemos parcerias com muitos fabricantes de roupa e designers emergentes que têm a mesma paixão que nós pela inovação na indústria do vestuário. Juntos, desafiámos várias etiquetas de cuidado através de testes efetuados em vestuário criado por estilistas com equipamento de lavandaria moderno no nosso laboratório de I&D.

30 GRAUS

Muitas pessoas não sabem que as etiquetas de temperatura indicam a temperatura máxima para lavagem e não a temperatura recomendada. Lavar com temperaturas inferiores prolonga a vida útil das suas peças de roupa e poupa energia. Na verdade, lavar a 30 graus em vez de 40 pode significar uma poupança de 60% no consumo de energia. Han Ates fundou a Blackhorse Lane Ateliers em 2016, a primeira fábrica de gangas a iniciar produção em Londres nos últimos 40 anos. A visão dele é criar uma força com moda sustentável, ética e transparente.

Sabia?

A temperatura média de lavagem da roupa na Europa é de 41° C

Lavar a roupa e as calças de ganga menos vezes e com temperaturas inferiores faz com que durem mais tempo.

Han Ates

Londres, Reino Unido

SÓ LIMPEZA A SECO

A indicação “Só limpeza a seco” é colocada na maior parte da roupa e dos tecidos delicados. Este processo deixa a sua roupa limpa, mas é um processo que implica a utilização de muitos produtos químicos nocivos para os tecidos e para o ambiente. Hoje em dia, por causa desses problemas, uma em cada três pessoas evita comprar roupa que tenha a recomendação de lavagem a seco. Doriane van Overeem é uma estilista premiada que está determinada em contribuir para mudanças na produção belga local – para fazer com que os consumidores comprem menos, comprem melhor e cuidem mais.

Sabia?

55% dos consumidores recorrem a serviços de limpeza a seco de vez em quando, mas apenas metade dos consumidores estão satisfeitos

Muitas peças que tipicamente requerem limpeza a seco podem ser lavadas a temperaturas inferiores numa máquina de lavar roupa

Doriane van Overeem

Bruxelas, Bélgica

NÃO SECAR NA MÁQUINA

Esta etiqueta de cuidado é vista frequentemente como uma instrução obrigatória para secar a roupa ao ar. Pode estar correta para algumas peças, mas a tecnologia mais moderna permite secar até os tecidos delicados como a lã e a seda. Tim Labenda recebeu o prémio Woolmark Prize Europe em 2016 e os seus designs incorporam atributos de moda masculina clássica com um estilo feminino distinto. Ele é um dos responsáveis pela tendência global de reconhecimento da lã como o material do futuro.

Sabia?

70% herdam os seus hábitos de cuidado com os tecidos dos pais

Considero que podemos secar tudo na máquina, desde que seja com o programa certo.

Tim Labenda

Berlim, Alemanha

LAVAR À MÃO

Muitas pessoas pensam que a lavagem à mão é a forma mais suave de lavar uma peça de roupa delicada. Isto é o que os nossos pais nos ensinaram e o que as etiquetas de cuidado indicam. Mas hoje em dia temos máquinas modernas e isso já não é verdade. Clara Martin é uma estilista inovadora que criou uma linha de vestuário para homem baseada em técnicas de alfaiate tradicionais com formas, texturas e padrões atuais. O vestuário criado por ela parece que requer lavagem à mão, mas normalmente pode ser lavado na máquina de lavar roupa, em casa.

Sabia?

Extender a vida útil das peças de roupa por mais nove meses reduziria as pegadas ecológicas de carbono, resíduos e água em cerca de 20-30%

Em vez de lavar à mão, pode lavar uma peça de malha com um ciclo suave.

Clara Martin

Londres, Reino Unido

A COLEÇÃO DE ETIQUETAS DE CUIDADO

Veja a coleção de roupa fantástica de 16 estilistas, toda lavada de acordo com as recomendações de cuidado modernas da AEG, desenvolvidas a partir de testes realizados no nosso laboratório de I&D. Estas belíssimas peças merecem ser bem cuidadas.

Estender a vida útil das peças de roupa por mais nove meses reduziria as pegadas ecológicas de carbono, resíduos e água em cerca de 20-30%
64% DIZ QUE AS RECOMENDAÇÕES DE CUIDADO SÃO MUITO IMPORTANTES OU DETERMINANTES NO MOMENTO DE DECIDIR SE COMPRA OU NÃO UMA PEÇA DE ROUPA

O GUIA DE CUIDADO MODERNO

Muitos ainda insistem em seguir recomendações de cuidado obsoletas dos anos 50. Nós desenvolvemos um guia de cuidado moderno no laboratório de I&D da AEG.

Lavar à mão

A lavagem à mão consome tempo e água e geralmente sujeita as fibras a um esforço maior. Por isso, é melhor utilizar a máquina de lavar com um ciclo suave e temperaturas de lavagem inferiores. Atualmente existem programas de lavagem e secagem adequados se quiser cuidar dos seus tecidos delicados com ainda mais suavidade.

30 Graus

O uso de temperaturas mais elevadas costumava significar roupa mais limpa, mas isso já não é totalmente verdade. Lavar com temperaturas inferiores é bom para a sua roupa e para o ambiente. Nas máquinas de lavar roupa da AEG, existem programas de lavagem que permitem obter resultados de lavagem excelentes com temperaturas inferiores. Todas as fibras são protegidas e não há desbotamento das cores, lavagem após lavagem.

Engomar

Algumas peças de roupa que têm a etiqueta com a recomendação “engomar” não precisam de ser engomadas. Em vez de engomar, utilize o programa de vapor do seu secador de roupa para reduzir a necessidade de engomar. E quando engomar a roupa que realmente precisa, comece pelas peças que requerem a temperatura mais baixa. Vai poupar energia porque o ferro aquece mais depressa do que arrefece.

Não secar no secador

Muitos materiais sensíveis, como os materiais impermeáveis e materiais de vestuário outdoor, duram mais tempo se forem secos no secador de roupa com o ciclo certo. Hoje, é possível ter a garantia de que os materiais não encolherão nem serão maltratados, mesmo tecidos delicados como lã e seda.

Só limpeza a seco

A limpeza a seco, frequentemente desnecessária, é um processo que utiliza muitos produtos químicos nocivos para o vestuário e para o ambiente. Existem tecnologias pautadas por movimentos mais suaves do tambor, que praticamente deixam a roupa assente no tambor em vez de a atirar constantemente de um lado para o outro. Pode ter a garantia de roupa limpa com apenas 30°C.

Não lavar em excesso

Para enfatizar a importância de pensar duas vezes antes de colocar a roupa na máquina de lavar, vamos lançar uma nova etiqueta de cuidado: Não lavar em excesso. Juntamente com isto, a AEG desenvolveu soluções que reduzem a necessidade de lavar a roupa com tanta frequência. Na AEG existem programas que utilizam vapor para refrescar a roupa e reduzir os vincos. Em paralelo, é possível obter resultados de lavagem excelentes com temperaturas bastante mais baixas.


PARCEIROS DO CARE LABEL PROJECT

Não conseguimos fazer tudo isto sozinhos. Os nossos parceiros são uma parte importante do projeto de etiqueta de cuidado – juntos, podemos conseguir mudanças reais.

A Woolmark Company

A Woolmark Company é a autoridade mundial no que diz respeito à lã. O logótipo Woolmark é um dos símbolos mais reconhecidos e respeitados do mundo, tanto por oferecer garantia da mais elevada qualidade como por representar excelência e inovação desde a origem ao produto acabado. A Woolmark Company é uma subsidiária da Australian Wool Innovation, uma organização sem fins lucrativos detida por mais de 24.000 produtores de lã.

Visite o website

Fashion Revolution

A Fashion Revolution é uma organização global sem fins lucrativos que se une em torno de uma campanha anual de sensibilização para “o verdadeiro custo do vestuário”, mostrando ao mundo que é possível mudar e homenageando todos aqueles que estão a contribuir para um futuro mais sustentável. A Fashion Revolution iniciou o seu trabalho focada sobretudo na fase de produção, mas também já começou a olhar para o cuidado posterior e para as todas as possibilidades orientadas para uma mentalidade mais virada para a sustentabilidade.

Visite o website

Not just a label

NOT JUST A LABEL (NJAL, Não é Apenas Uma Etiqueta) é uma plataforma constituída pelos designers de roupa mais importantes do mundo e tem como fim expor e ajudar os pioneiros da moda contemporânea. A NJAL incentiva os estilistas a produzir moda que seja sustentável e apoia as comunidades locais e o trabalho artesanal. A NJAL é pioneira numa abordagem revolucionária à indústria do vestuário, independente da política e dos sistemas existentes que são nocivos para o crescimento e para a integridade dos seus designers.

Visite o website

ELECTROLUX

A Electrolux é líder global em eletrodomésticos, com base na profunda percepção do consumidor e desenvolvida através da estreita colaboração com utilizadores profissionais. A Electrolux oferece soluções inovadoras e pensadas para famílias e empresas, com produtos como frigoríficos, máquinas de lavar loiça, máquinas de lavar roupa, pequenos eletrodomésticos e muito mais. A Electrolux recebeu o Gold Class Award 2017 no RobecoSAM's Sustainability Yearbook, um ranking anual do desempenho em termos de sustentabilidade entre as maiores empresas do mundo.

Visit website